Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 3.jpg
  • 1.jpg
  • 6.jpg
  • 2.jpg
  • 4.jpg
  • 9.jpg
  • 8.jpg
  • 10.jpg
  • 7.jpg
  • 5.jpg

Pernambuco

Tribunal de Justiça e órgãos de governo discutem conflitos no engenho Batateiras após denúncia de famílias camponesas

Após novas denúncias de violações dos direitos na comunidade de Batateiras, em Maraial, Mata Sul de Pernambuco, Secretários de Governo realizaram uma reunião com o Tribunal de Justiça de Pernambuco, organizações sociais e agricultores e agricultoras da área.  A reunião ocorreu de forma virtual na última segunda-feira (14).

Leia mais:

Famílias de Batateiras, em Maraial (PE), denunciam novas investidas de empresa contra suas posses

Famílias camponesas do Engenho Batateiras, em Maraial, Mata Sul de Pernambuco, denunciaram que a empresa IC - Consultoria em empreendimentos imobiliários Ltda segue tomando, de forma violenta, terras da comunidade. Desta vez, a ação se deu por meio da soltura de mais de oitenta cabeças de gado em áreas de sítios de agricultores e agricultoras da comunidade. O fato ocorreu na noite dessa quinta-feira (26). 

Leia mais:

Às vésperas do Dia Mundial dos Pobres, famílias camponesas doam alimentos em Tracunhaém, PE

Às vésperas do Dia Mundial dos Pobres, famílias camponesas doam alimentos em Tracunhaém, PE

Às vésperas do Dia Mundial dos Pobres, instituído pelo Papa Francisco e celebrado no próximo dia 15 de novembro, camponeses e camponesas acompanhados/as pela Comissão Pastoral da Terra (CPT) na Mata Norte de Pernambuco seguem dando exemplos de solidariedade e de amor ao/à próximo/a. Nessa última quarta-feira (11), famílias de comunidades de assentamentos da Reforma Agrária no município de Tracunhhaém doaram mais de 200 cestas de alimentos para a população da cidade que vem sofrendo com os efeitos da pandemia do novo coronavírus. A partilha dos frutos da terra aconteceu em frente à Igreja Matriz e contou com o apoio da Paróquia Santo Antônio.

Leia mais:

AGORA] Trabalhadores/as da Zona da Mata fazem protestos simultâneos em Palmares e Moreno para cobrar regularização de suas terras

 
Cerca de 500 trabalhadores rurais agricultores e agricultoras familiares de diversos municípios da Zona da Mata de Pernambuco fazem, neste momento, um protesto nas BRs 101 Sul, na altura do entroncamento de acesso a Catende e Maceió, em Palmares, e na BR 232, na altura do Parque Aquático de Moreno. Os agricultores e agricultoras cobram do Governo de Pernambuco a regularização de suas terras, assegurando-lhes o direito que possuem de permanecer nelas, trabalhando e produzindo alimentos. As famílias esperam ser ouvidas pelo governador Paulo Câmara.…

Leia mais: