Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 9.jpg
  • 8.jpg
  • 7.jpg
  • 4.jpg
  • 2.jpg
  • 3.jpg
  • 1.jpg
  • 10.jpg
  • 6.jpg
  • 5.jpg

Comunidades Tradicionais

Mobilização continua: STF adia para quinta (26) julgamento histórico sobre terras indígenas

Mobilização continua: STF adia para quinta (26) julgamento histórico sobre terras indígenas

Pela quarta vez, em dois meses, STF não julga processo que pode definir futuro dos povos indígenas; julgamento deve iniciar nesta quinta-feira 26

O julgamento do caso de repercussão geral sobre demarcações de terras indígenas, que estava marcado para entrar na pauta do Supremo Tribunal Federal (STF) na quarta-feira (25), foi adiado para quinta-feira, (26). Essa é a quarta vez, em dois meses, que o processo que pode definir o futuro dos povos indígenas é pautado e não é julgado pela Suprema Corte.…

Leia mais:

Indígenas ‘acendem’ Praça dos Três Poderes com led em apoio ao STF e contra “marco temporal”

Indígenas ‘acendem’ Praça dos Três Poderes com led em apoio ao STF e contra “marco temporal”

Mais de seis mil participantes do Acampamento Luta pela Vida realizaram uma vigília às vésperas do julgamento que pode decidir o futuro das demarcações

Brasília, 24/8/2021 - Mais de seis mil indígenas que participam do Acampamento Luta pela Vida protestaram, hoje (24), em Brasília, em apoio ao Supremo Tribunal Federal (STF), contra a agenda anti-indígena do governo Bolsonaro e do Congresso.…

Leia mais:

APIB denuncia Bolsonaro, em Haia, por genocídio indígena

APIB denuncia Bolsonaro, em Haia, por genocídio indígena

Pela primeira vez na história, povos indígenas vão diretamente ao tribunal de Haia, com seus advogados indígenas, para lutar pelos seus direitos.

Brasília, 9 de agosto de 2021 - A Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) protocolou, nesta segunda-feira (9), um comunicado no Tribunal Penal Internacional (TPI) para denunciar o governo Bolsonaro por Genocídio. Na data que marca o dia Internacional dos Povos Indígenas, a organização solicita que a procuradoria do tribunal de Haia examine os crimes praticados contra os povos indígenas pelo presidente Jair Bolsonaro, desde o início do seu mandato, janeiro de 2019, com atenção ao período da pandemia da Covid-19.…

Leia mais: