Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 8.jpg
  • 1.jpg
  • 10.jpg
  • 9.jpg
  • 3.jpg
  • 5.jpg
  • 7.jpg
  • 2.jpg
  • 6.jpg
  • 4.jpg

Paraíba

Atingidos por barragens lutam pela terra na Paraíba

Cerca de 120 famílias atingidas pela barragem de Acauã mantém o acampamento há 20 dias na Fazenda Mascadi, no município de Itatuba, na Paraíba. Elas reivindicam a revisão das indenizações pagas e que sejam providenciadas condições que lhes garantam o modo de vida que possuíam anteriormente, respeitando-se, principalmente, o fato…

Leia mais:

Marcha paraibana Contra a Crise e pela Reforma Agrária chega à Guarabira

Sob sol e chuva, no dia 24 de agosto, os 200 trabalhadores e trabalhadoras da Via Campesina e Assembléia Popular chegaram ao município de Guarabira. A marcha saiu de Campina Grande, no dia 14 de agosto, com destino a João Pessoa, e já percorreu oito municípios, totalizando aproximadamente 90 km. A "Marcha Estadual Contra a Crise: Reforma Agrária Já!", percorre municípios da Paraíba denunciando a crise, altos preços da energia elétrica, situação dos/as atingidos/as pela Barragem de Acauã, discutem a importância da Reforma Agrária e denunciam a violência que os trabalhadores/as sofrem no estado com torturas e homicídios.…

Leia mais:

Paraíba realiza a 21. Romaria da Terra

Neste sábado e domingo, dias 7 e 8 de novembro, será realizada a 21ª Romaria da Terra da Paraíba. Organizada pela Arquidiocese do estado e pela Comissão Pastoral da Terra, a Romaria acontece todos os anos, desde 1988, e este ano estima-se que mais de cinco mil pessoas participarão das caminhadas. Com o tema: “Vida, Liberdade e Pão: Queremos terra sem concentração”, a Romaria pretende denunciar o modelo de desenvolvimento e de produção baseado na concentração de terra, no latifúndio e no trabalho escravo.…

Leia mais:

Paraíba perderá mais de 60% de suas terras férteis

A Unicamp e a Embrapa realizaram um estudo que aponta a Paraíba como o terceiro Estado do Nordeste que terá perdas significativas na oferta de terras aptas para a agricultura. De acordo com os números divulgados pela pesquisa, a Paraíba perderá 66,6% de suas terras férteis. Acima do nosso Estado só ficaram o Ceará, com 79,6%, e o Piauí, com 70,1%.…

Leia mais: