Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 1.jpg
  • 6.jpg
  • 8.jpg
  • 7.jpg
  • 10.jpg
  • 4.jpg
  • 9.jpg
  • 2.jpg
  • 3.jpg
  • 5.jpg

Pernambuco

Suape - Organizações sociais prestam solidariedade às famílias despejadas no Engenho Tiriri

Suape - Organizações sociais prestam solidariedade às famílias despejadas no Engenho Tiriri

 

Na manhã de ontem, dia 01/07, uma comissão formada por representantes de entidades e organizações sociais, sindicatos e professores, seguiram em caravana para o Engenho Tiriri, localizado no Cabo de Santo Agostinho, litoral de Pernambuco. O objetivo da caravana foi realizar uma visita para prestar solidariedade às cinco famílias…

Leia mais:

Obra da barragem de Serro Azul é iniciada e famílias atingidas são ignoradas pelo Governo

A construção da barragem de contenção de Serro Azul, no município de Palmares\PE já foi iniciada. No local já se encontram alguns maquinários que em breve erguerão o paredão. Enquanto isso, as mais de 300 famílias de trabalhadores rurais, que vivem na área onde será construída a barragem, olham angustiadas para o novo cenário. É que a situação dos trabalhadores ainda não foi resolvida. Há indefinições nas indenizações e o reassentamento das famílias ainda não está garantido.…

Leia mais:

Usina Trapiche incendeia barracas de pescadores tradicionais nas Ilhas de Sirinhaém

Usina Trapiche incendeia barracas de pescadores tradicionais nas Ilhas de Sirinhaém

 

 

 

Na tarde desta quarta-feira, dia 13, a Usina Trapiche – através de sua funcionária Evânia Freire da Silva e cinco Policiais Militares - destruiu e incendiou as barracas de quatro pescadores tradicionais nos manguezais do estuário do Rio Sirinhaém, localizado no município de mesmo nome, em Pernambuco. De acordo com a denúncia feita por pescadores à Comissão Pastoral da Terra, o grupo chegou nas Ilhas de Sirinhaém por volta das 13h e com armas em punho, destruiu e incendiou as barracas de palha, além de levaram consigo o pescado, documento e instrumentos de trabalho dos pescadores.

Leia mais:

Fetape: 50 anos de Luta por um campo sustentável

Fetape: 50 anos de Luta por um campo sustentável

A Fetape completou, nesta última quarta-feira (06/06), 50 anos. Isso significa meio século do Movimento Sindical Rural no estado. Durante esse período, muitas foram as mudanças ocorridas em Pernambuco. O desenvolvimento chegou e, com ele, empresas, indústrias, geração de empregos, mas muitas coisas negativas também. O campo vivenciou, assim como a zona urbana, os dois lados dessa moeda. Na luta para minimizar os impactos danosos dessa “evolução” na área rural e por políticas públicas que respeitem a realidade das diferentes regiões e possibilitem que homens e mulheres vivam com dignidade, a Fetape foi fundada e se consagrou como representante legítima dessa grande fatia da população, influenciando diretamente na agenda política do estado.…

Leia mais: