Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

Rio Grande do Norte

Mais de 100 agricultores ocuparam prefeitura de Apodi

Na manhã, dessa quinta-feira (16), um grupo de pelo menos 100 agricultores e agricultoras ligados ao Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Apodi (STTR), ocuparam as dependências da Prefeitura Municipal. Os participantes da mobilização queriam pressionar o governo municipal a garantir a liberação de ônibus para viabilizar a participação de uma delegação de Apodi na mobilização “Grito da Seca” que será realizada em Natal na próxima terça feira, dia 21.…

Leia mais:

Apodi/RN - Entidades continuam luta contra ‘Projeto da Morte’

Famílias de agricultores e entidades de classe preocupadas com o futuro de mais de seis mil pessoas continuam na luta para tentar impedir a instalação do Projeto de Irrigação Santa Cruz do Apodi, intitulado ‘Projeto da Morte’ pela própria comunidade. Ativistas estão aguardando para os próximos dias uma reunião com o ministro Gilberto Carvalho, que já está pré-agendada, para debater sobre o dossiê-denúncia produzido por várias entidades de Mossoró, Apodi e região. O documento já foi apresentado em vários ministérios do Governo Federal e em diversos sites de destaque nacional.…

Leia mais:

Fetarn buscará informações sobre políticas para a Agricultura Familiar em 2013

A diretoria da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Rio Grande do Norte (Fetarn) procurará do Governo do Estado saber quais são as políticas públicas que se voltarão de modo preferencial para os agricultores familiares neste exercício de 2013. O fato foi antecipado pelo presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município de Ipanguaçu, João Batista Moura de Oliveira, "João das Peças".Ele adiantou que este item se constitui num dos pontos de pauta da Plenária Estadual da Fetarn, dias 15 e 16 de janeiro em curso, terça e quarta-feira da próxima semana, em Natal.…

Leia mais:

Agricultores lutam contra “projeto da morte” no Rio Grande do Norte

Foram 24 horas de ação feminista. Marcando o dia internacional dos direitos humanos, em 10 de dezembro, a Marcha Mundial de Mulheres no Brasil voltou o tema de seus atos pelo país para a situação de Apodi, no Rio Grande de Norte, uma pequena cidade quase na ponta do Brasil. Nas ruas de Apodi foi realizado o maior dos atos, com a presença de trabalhadores rurais, sindicatos urbanos, estudantes, Movimento dos Trabalhadores sem Terra e milhares de mulheres da Marcha Mundial.…

Leia mais: