Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 6.jpg
  • 3.jpg
  • 4.jpg
  • 7.jpg
  • 8.jpg
  • 10.jpg
  • 9.jpg
  • 5.jpg
  • 1.jpg
  • 2.jpg

Comunidades camponesas apoiadas pela CPT no Oeste do Rio Grande do Norte (RN) participaram nessa terça e quarta-feira, 25 e 26, de formação sobre produção de algodão em Consórcio Agroecológico. A atividade é mais um espaço de formação que visa ao fortalecimento de experiências agroecológicas nas comunidades do estado por meio da produção do algodão.


Ontem, 25, a capacitação ocorreu no assentamento Terra de Esperança, no município de Governador Dix-Sept Rosado. Hoje, 26, a formação foi realizada no Assentamento José Sotero, em Caraúbas. Todos os cuidados necessários em razão da pandemia da Covid-19 foram tomados. Participaram ao todo 50 camponeses e camponesas de comunidades apoiadas pela CPT nos municípios de #GovernadorDixSeptRosado#Apodi#Upanema#Caraúbas#Assu e #CampoGrande.

Imagem: Equipe Mossoró RN

 

A ação faz parte do Projeto Algodão em Consórcios Agroecológicos, desenvolvido pela @diaconiabr em parceria com a CPT e com o apoio da Fundação Inter Americana (IAF). O objetivo da iniciativa é contribuir para que as famílias consigam a certificação orgânica da produção de algodão e de outras culturas consorciadas, como feijão, milho e gergelim, por meio da Associação de Certificação Orgânica Participativa do Sertão do Apodi (Acopasa/RN) e do Organismo Participativo de Avaliação da Conformidade Orgânica (OPAC).