Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 6.jpg
  • 9.jpg
  • 3.jpg
  • 10.jpg
  • 8.jpg
  • 2.jpg
  • 5.jpg
  • 7.jpg
  • 4.jpg
  • 1.jpg

Entre os dias 16 e 18 de setembro, jovens de comunidades apoiadas pela CPT na Zona da Mata, Agreste e Sertão de Pernambuco estiveram reunidos(as) no encontro “juventude camponesa semeando saberes, avançando e resistindo”. A atividade reuniu cerca de 25 jovens e foi realizada na comunidade Nova Canaã, em Tracunhaém.

O objetivo foi partilhar experiências, discutir formas de articulação e organização da juventude camponesa no estado, além de debater sobre a importância da agricultura camponesa e dos povos do campo. Durante o encontro, os/as jovens contaram as histórias de suas comunidades por meio de desenhos e dinâmicas, realizaram trilhas, conheceram espaços de lazer da juventude e experiências agroecológicas desenvolvidas na comunidade Nova Canaã e debateram sobre os desafios para a juventude camponesa no contexto atual. Ainda foi organizada uma grande fogueira em torno da qual se reuniram para cantar, recitar poesias e ouvir as histórias de luta pela terra contadas pelos mais velhos/as da comunidade anfitriã, .

A diversidade camponesa marcou o momento, com jovens oriundos(as) de comunidades quilombolas, posseiras, de assentamento da Reforma Agrária e de áreas em conflito por terra. A troca de experiências e saberes proporcionada pelo encontro foi “algo que iremos levar para a vida”, contou Vitória Roberta, de Varzinha dos Quilombolas, Iguaraci. Para José Wallace, do assentamento Nova Canaã, o encontro foi muito gratificante. “Estamos ganhando sabedoria e experiências com outras comunidades. Foi ótimo e queremos que outros encontros aconteçam no futuro, que venha muito mais sabedoria para nós”, destacou.

“A juventude demostrou seu potencial organizacional. Tanto os(as) jovens quanto nós, agentes de CPT, saímos do encontro com a esperança renovada de que a partir da juventude será criada uma nova realidade para o campesinato, seja da Zona da Mata Sul, Mata Norte, Agreste ou Sertão do estado” enfatizou Benoni Codácio, agente pastoral da CPT na Mata Norte de Pernambuco. Para dar continuidade à articulação da juventude camponesa no estado, um novo encontro está programado para ocorrer no mês de novembro, desta vez no Sertão do Pajeú.  

Estiveram presentes na atividade jovens da comunidade Varzinha dos Quilombolas e do assentamento Socorro, em Iguaraci, Sertão do estado; da comunidade de famílias posseiras do Engenho de Fervedouro e Barra do Dia, em Jaqueira e em Palmares, respectivamente; do quilombo de Atoleiro, em Caetés; além dos(as) jovens anfitriões(ãs) da comunidade Nova Canaã.

 

Imagens: Jovens participantes do encontro - CPT PE