Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 6.jpg
  • 3.jpg
  • 9.jpg
  • 4.jpg
  • 1.jpg
  • 5.jpg
  • 2.jpg
  • 8.jpg
  • 7.jpg
  • 10.jpg

A Comissão Pastoral da Terra Nordeste 2 vem, tristemente, lamentar a partida do companheiro de luta Alexsandro Alves Coelho. Alex, como era chamado, foi presidente do Sindicato dos Trabalhadores e das Trabalhadoras Rurais de Aparecida (PB) e Tesoureiro da Associação dos Trabalhadores e Trabalhadores do Assentamento Acauã (PB). 

Alex nasceu em 08 de junho de 1972. Natural de Cajazeiras (PB), era assentado da Reforma Agrária no Assentamento Acauã. Desde a adolescência, participava das lutas sociais junto às pastorais da Igreja São Bosco, em Cajazeiras. Constituiu uma família com a camponesa e agente pastoral Maria do Socorro Goveia. Teve duas filhas e três filhos. Foi um homem trabalhador, um bom pai, bom avô e um bom companheiro.

Seguindo Maria do Socorro Goveia, iniciou sua militância na Pastoral Rural. Participou da luta pela terra em Acauã, tendo vivenciado um dos períodos mais difíceis para os povos do campo no Alto Sertão da Paraíba sem se curvar à truculência dos latifundiários da região. E na luta pela terra, foi um grande defensor da agroecologia.

Nossa solidariedade e pesar aos familiares, amigos, amigas, companheiros e companheiras de luta e do Sindicato dos trabalhadores e trabalhadoras de Acauã. Nós da CPT só temos a agradecer a Deus pela vida de Alex e por sua dedicação à luta pela terra, por dignidade e justiça para os homens e mulheres do campo. Somos profundamente gratas e gratas pelo companheiro e amigo que Alex foi para nós.

A terra, a agroecologia e a Reforma Agrária perdem um grande lutador. Os céus acolhem um bom filho. Que o Deus da vida e da justiça o acolha em seus braços.

 15 de outubro de 2021

 Comissão Pastoral da Terra Nordeste 2