Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

A Diocese de Palmares (PE) deu início a uma campanha de solidariedade às comunidades camponesas vítimas de conflitos fundiários na Zona da Mata Sul do estado. Estão sendo entregues cestas básicas a famílias agricultoras da região, principalmente àquelas que tiveram suas lavouras destruídas e que estão ameaçadas de expulsão. A primeira entrega de cestas ocorreu nessa quarta-feira (03), na comunidade do engenho Fervedouro, em Jaqueira.

Na ocasião, as famílias da comunidade receberam uma comitiva formada pelo representante do Setor Pastoral Social da Diocese, padre Agivaldo, o Pároco de Jaqueira, padre Glauber, além de representantes da CPT que atuam no local. A ação também está sendo acompanhada pelo administrador diocesano, padre Noberto. 20 cestas foram entregues. 

Além dos alimentos, os religiosos deixaram também uma mensagem de fé e esperança para os agricultores e as agricultoras que vivem no local há mais de 70 anos. Posteriormente, outras comunidades camponesas da região também serão beneficiadas.

Na Mata Sul de Pernambuco, diversas comunidades camponesas formadas por famílias antigas posseiras enfrentam uma onda de violência no campo provocada por empresários dos setores sucroalcooleiro, imobiliário e pecuarista que exploram economicamente a região. Estima-se que cerca de duas mil famílias estejam inseridas nesses conflitos fundiários.