Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 1.jpg
  • 3.jpg
  • 4.jpg
  • 8.jpg
  • 5.jpg
  • 7.jpg
  • 9.jpg
  • 2.jpg
  • 10.jpg
  • 6.jpg

 As famílias da comunidade Barandões, no município de Cuité (PB), agora estão ainda mais fortalecidas na luta em defesa da agroecologia e contra os transgênicos. No último dia 24, foi implantado no local um campo de multiplicação de milho crioulo da variedade Pontinha. A ação foi viabilizada pela equipe de CPT em Campina Grande em parceria com o Instituto Federal da Paraíba (IFPB – Campus Picuí). O campo de multiplicação vai contribuir para ampliar a produção de milho livre de transgênicos, além de estimular o debate e a troca de saberes sobre sementes crioulas.



Na ocasião, uma roda de conversa foi organizada com o objetivo de levantar estratégias de plantio e de monitoramento das pragas, debater a importância do uso de repelentes agroecológicos, além de outros assuntos relacionados ao campo de multiplicação. Após a conversa, agricultores e agricultoras da localidade e estudantes bolsistas do Instituto semearam um hectare de terra com o milho crioulo e ainda renovaram as fitas do sistema de irrigação por gotejamento, o qual irá garantir a multiplicação da variedade na área. Ainda há três meses pela frente até a maturação das espigas e a seleção das sementes que serão distribuídas entre as famílias do território.

A iniciativa integra o “Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar” e o projeto de extensão “Descrição de variedades de sementes crioulas, seus métodos de cultivo e estocagem na microrregião do Curimataú Ocidental e Seridó Oriental Paraibano”, desenvolvidos pelo IFPB.

✊🏿✊🏾 Nossa Luta por uma Paraíba Livre de Transgênicos segue!

✊🏿✊🏾 Não planto transgênico para não apagar minha história!

#CPTCampinaGrande #CPTNE2 #Agroecologia #IFPB #STRCuité

Fonte: com informações da Equipe CPT Campina Grande (PB)
📷 Equipe CPT Campina Grande (PB)