Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 6.jpg
  • 8.jpg
  • 3.jpg
  • 2.jpg
  • 7.jpg
  • 1.jpg
  • 9.jpg
  • 10.jpg
  • 4.jpg
  • 5.jpg
A Comissão Pastoral da Terra de Alagoas e o Centros de Estudos Bíblicos (CEBI) farão, na próxima terça-feira (04), o lançamento do livro “Os Pobres Possuirão Terra”. O evento, que acontece às 15h30, no auditório da Livraria Paulinas, em Maceió, contará com a presença do bispo da Diocese de Penedo, Dom Valério Breda, e com Pe. Hermínio Canova, da coordenação nacional da CPT, que vão fazer a apresentação do livro. O livro teve lançamento oficial na 44ª Assembléia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, que aconteceu na cidade de Itaici, em São Paulo em maio deste ano. É a primeira vez, no Brasil, que bispos, de diferentes denominações cristãs, se unem para elaborar um mesmo documento. A publicação faz uma avaliação da atual situação do campo, com um olhar sensível às questões das águas e das florestas, e expressa insatisfação com o modelo neoliberal, “que faz do capital e do mercado valores absolutos”, e deixa em segundo plano a sobrevivência de pequenos agricultores/as. O documento critica a política do país que, de acordo com a publicação, “apóia e estimula abertamente o agronegócio intensivo e extensivo, que estrangula os nosso pequenos agricultores e os trabalhadores em geral, tanto da cidade como do campo, inviabilizando a sua sobrevivência”. Entre críticas, cobranças das autoridades e proposições, o livro tenta reanimar e rearticular o compromisso das igrejas por melhores condições de vida no campo. Em 1980 a 17ª Assembléia da CNNB produziu um documento parecido, intitulado Igreja e Problemas da Terra, este documento serviu, durante muito tempo, de referência para os que lutavam por uma melhor distribuição da terra. Vinte e cinco anos de desenvolvimento desordenado da agricultura, de crescimento do agronegócio no campo e de agravamento dos conflitos, exigiu uma nova avaliação e novos posicionamentos da CNNB e, também, de outras organizações religiosas. Na apresentação do documento, Dom Orlando Dotti, Bispo emérito de Vacaria (RS), fala que, “[esse documento] quer ser uma resposta atualizada aos novos desafios que brotam da terra”. A publicação foi assinada por 112 bispos das igrejas Católica, Anglicana, Evangélica de Confissão Luterana e Metodista. O livro pode ser encontrado no escritório da CPT nos estados.