Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 2.jpg
  • 7.jpg
  • 3.jpg
  • 1.jpg
  • 6.jpg
  • 5.jpg
  • 4.jpg
  • 9.jpg
  • 8.jpg
  • 10.jpg

A Campanha Nacional da CPT de Combate ao Trabalho Escravo foi convidada pelo Movimento Cultural Cristão, da Espanha, para participar de reunião entre os dias 17 e 22 de agosto, em Madrid, com o objetivo de apresentar a experiência da CPT na luta contra o trabalho escravo no Brasil.

 

O Movimento de cristãos católicos nasceu na década de 1940, com William Rovirosa e Julian Malagon Tomás Gómez del Castillo. O Movimento tem uma espiritualidade encarnada e vida missionária da fé cristalizada, em uma promoção de grupos militantes cujo eixo é a fidelidade a Cristo, à Igreja e aos pobres.

Neste ano o movimento realizou em Madrid mais um curso Norte-Sul, que teve como tema o Tráfico de Pessoas. No propósito de conhecer experiências de enfrentamento a esta chaga social, a Campanha da CPT contra o Trabalho Escravo foi convidada a partilhar suas experiências. Durante estes dias, Francisco Alan – agente da CPT-PI – fez essa experiência de conhecer o movimento e divulgar as ações realizadas pela campanha de “Olho aberto para não virar escravo”, com o tema: Os rostos da escravatura no Brasil.

 

 

Fonte: CPT Nacional