Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

  • 1.jpg
  • 8.jpg
  • 9.jpg
  • 5.jpg
  • 6.jpg
  • 4.jpg
  • 3.jpg
  • 7.jpg
  • 2.jpg
  • 10.jpg

 No próximo dia 14 de novembro, será realizado um encontro de apresentação da “Campanha Contra a Violência no Campo: em defesa dos povos do campo, das águas e das florestas", às 16h, no Auditório Brum do Centro de Convenções, em Olinda (PE). O evento é organizado pela coordenação nacional da campanha e faz parte da programação do 18º Congresso Eucarístico Nacional, que acontece entre os dias 11 e 15 de novembro, em Pernambuco. A entrada é gratuita, mas é preciso fazer uma inscrição prévia por meio do link: https://cen2020.com.br/inscricao-publico/.

Durante o evento, serão apresentadas as principais diretrizes da campanha, que hoje conta com a adesão de dezenas de entidades e organizações sociais em todo o país. Famílias agricultoras de comunidades afetadas por conflitos agrários também estarão presentes para dar testemunhos sobre as violações de direitos e as violências a que estão submetidas. Na ocasião, ainda será realizada uma análise sobre os dados dos conflitos no campo registrados pelo Setor de Documentação Dom Tomás Balduino, da CPT. A atividade contará com a presença de Dom José Ionilton, bispo de Itacoatiara (AM) e presidente da CPT, e de Andreia Silvério e Carlos Lima, da coordenação nacional da CPT.

No domingo, 13, dia anterior à apresentação da campanha, uma comitiva liderada por Dom José Ionilton irá ao encontro de agricultores e agricultoras vítimas de violência no campo na região da Mata Sul de Pernambuco. O encontro acontecerá no período da manhã, na comunidade de Fervedouro, município de Jaqueira. Representantes de organizações sociais, bispos de Dioceses da região, padres, religiosos e religiosas estão sendo convidados para integrar a agenda.

Sobre a Campanha - A “Campanha Contra a Violência no Campo: em defesa dos povos do campo, das águas e das florestas” é uma iniciativa que vem sendo gestada desde 2021 por mais de 50 organizações sociais brasileiras, sendo lançada oficialmente no dia 02 de agosto deste ano. Seu objetivo é denunciar o contexto de agravamento dos conflitos agrários no país e recomendar ações e políticas de proteção aos territórios e às vidas humanas ameaçadas. De acordo com dados da CPT, entre os anos 2016 e 2021, foram registradas 10.384 ocorrências de conflitos no campo, atingindo 5,5 milhões de camponeses e camponesas. O número é 54% maior que o período anterior (2011 – 2015) e revela a escalada da violência no campo com o golpe que resultou no impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff.

 “A Campanha é uma mobilização da sociedade civil para denunciar a violência no campo e também para cobrar das autoridades a implementação de políticas públicas capazes de resolver os conflitos agrários. Para nós, só há uma saída: é preciso realizar uma Reforma Agrária popular, massiva e radical, é preciso garantir aos povos originários o direito aos seus territórios. Enquanto o Estado brasileiro não compreender que só iremos nos completar como Nação quando resolvermos a questão agrária, nós teremos sempre esses episódios tristes e lamentáveis de violência no campo”, destaca o coordenador nacional da CPT Carlos Lima. Entidades, movimentos e organizações sociais do campo e da cidade que queiram aderir à campanha podem fazê-lo por meio do link:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSet_tu46tmjJW3bgmlANL_2VBdCh1eDaiSC6NLAc5RGYNGtEQ/viewform

 18º Congresso Eucarístico Nacional - A atividade da campanha integra a programação do 18° Congresso Eucarístico Nacional (CEN), que será realizado pela Arquidiocese de Olinda e Recife, em parceria com o Regional Nordeste 2 da CNBB, de 11 a 15 de novembro no Centro de Convenções de Olinda, Pernambuco. Essa edição tem como tema “Pão em todas as mesas” e lema “Repartiam o pão com alegria e não havia necessitados entre eles” (At 2,46). Os Congressos Eucarísticos são realizados pela Igreja Católica em todo o mundo e objetivam ser um espaço para que pessoas possam professar e dar testemunho público da fé em Jesus Eucarístico. O primeiro Congresso foi realizado em 1881, na França. A 18ª edição seria realizada em 2020, mas, em razão da pandemia da Covid 19, foi adiado para este ano de 2022.

 

 

Serviço:

O que: Apresentação da “Campanha Contra Violência no Campo: em defesa dos povos do campo, das águas e das florestas".

Quando: Dia 14 de novembro, às 16h.

Onde: Auditório Brum do Centro de Convenções, em Olinda (PE).

Outras informações:

Assessoria de comunicação

Comissão Pastoral da Terra Nordeste 2

Fone: (81) 99663.2716