Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

Apesar das promessas da Prefeitura de #Maraial (PE), da Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos e da de Desenvolvimento Agrário, as porteiras que trancam a comunidade camponesa de #Batateiras ainda não foram retiradas. A comunidade está revoltada uma vez que as autoridades ainda não garantiram a retirada dos bloqueios.



Todos os bloqueios foram instalados pelo empresário Walmer Almeida da Silva. O empresário está atuando na terra que diz ter sido adquirida recentemente pelo filho, Walmer Almeida Cavalvante, um jovem estudante universitário da UFAL e dono da empresa IC Consultoria em Empreendimentos Imobiliários. Contudo, as famílias já vivem na área há gerações e lutam pelo direito de permanecer no local.

Para saírem de seus sítios, os camponeses e camponesas precisam se arrastar por baixo do arame farpado e pular as porteiras. A locomoção de idosos e de idosas está inviabilizada. Também não há possibilidade de circulação de motos, bicicletas ou carros. Caso alguém precise de atendimento médico de urgência, não será possível fazê-lo.

Para saber mais sobre este caso, acesse: https://www.cptne2.org.br/publicacoes/noticias/noticias/pernambuco/5352-violencias-e-conflito-por-terra-em-maraial-pe-tem-envolvimento-de-empresario-milionario-que-ja-foi-preso-pela-policia-federal