Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

A comunidade camponesa de Barro Branco, vizinha à Fervedouro, em Jaqueira (PE), denuncia que também vem sendo vítima da violência no campo envolvendo a empresa Agropecuária Mata Sul S/A. Hoje, 15, as famílias informaram à CPT que amanheceram com a presença de seguranças privados da empresa rondando a comunidade e destruindo plantio de bananeiras de algumas famílias.


A empresa pertence ao empresário Guilherme Cavalcanti de Petribú de Albuquerque Maranhão, membro de uma tradicional família ligada ao setor sucroalcooleiro em Pernambuco e irmão de Marcello Maranhão, prefeito do município de Ribeirão. Apesar de viverem no local há gerações, as famílias dessas comunidades relatam que estão sendo ameaçadas pela empresa e enfrentam um conflito por terra que pode ser considerado o maior da região nos últimos dez anos.

Assista aos vídeos:

https://www.instagram.com/p/CFKOR2dnCYc/