Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

Pesticida da Syngenta contamina a água dos brasileiros

Pesticida da Syngenta contamina a água dos brasileiros
O Brasil é o maior mercado da Syngenta, e a empresa tem estado na mira de ativistas e reguladores há décadas / Andreas Frossard | Keystone

A multinacional Syngenta, com sede em Basileia, exportou 37 toneladas de profenofós para o Brasil em 2018. A ONG investigativa suíça Public Eye vê isso…

Leia mais:

Em encontro com o Papa Francisco, agente da CPT pede que ele reze pelas comunidades tradicionais da Amazônia

Em encontro com o Papa Francisco, agente da CPT pede que ele reze pelas comunidades tradicionais da Amazônia

No Vaticano, Francisco recebe, entre os dias 6 e 27 de outubro, o povo amazônico para a Assembleia Especial do Sínodo dos Bispos para a Região Pan-Amazônica, cujo o tema é “Amazônia: novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral”. Membros da Comissão Pastoral da Terra (CPT), após participarem no Brasil de um longo processo de escuta das comunidades para o Sínodo, agora se somam a inúmeras pessoas no país  europeu para o evento. Participam do Sínodo e das atividades paralelas, como a Casa Comum, o vice-presidente da pastoral e bispo da Prelazia de Itacoatiara (AM), Dom José Ionilton Lisboa, Darlene Braga, coordenadora da Articulação das CPT’s da Amazônia e agente da CPT no Acre, e Maria Petronila Neto, agente da CPT em Rondônia.…

Leia mais:

A retaliação do lixo

A retaliação do lixo

“Brumadinho e Marianna, que não mandaram aviso, avisaram que estamos com uma barragem de rejeito amarrada em cada pescoço. Nós somos 18 milhões de pessoas no Vale do São Francisco, sem falar agora dos paraibanos que bebem também dessa água”, aponta, em artigo dessa semana, Roberto Malvezzi, conhecido como Gogó. O autor elenca vários outros casos que, assim como Mariana e Brumadinho, várias pessoas e organizações têm denunciado. Confira o artigo na íntegra:…

Leia mais:

FAMA 2018 encerra suas atividades com marcha e ato inter-religioso

FAMA 2018 encerra suas atividades com marcha e ato inter-religioso

Estiveram presentes mais de 170 representantes internacionais vindos de 5 Continentes e mais de 4 mil pessoas montaram acampamento

Fórum Alternativo Mundial da Água (FAMA) 2018, encerra os seis dias de atividades, 17 a 22.03, com uma Marcha Política e Ato Inter-Religioso com o objetivo de denunciar o uso da água como uma mercadoria. Com mais de 200 atividades como palestras, debates, seminários, painéis, atividades autogestionadas e assembleias o evento foi realizado nos dias 17 e 18 na Universidade de Brasília (UnB) e entre os dias 20 a 22 as atividades foram realizadas no Parque da Cidade Sarah Kubitschek, em Brasília.…

Leia mais: