Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

Uma semana após reintegração de posse no Cotonifício, famílias denunciam o desprezo da prefeitura e estado

Uma semana depois da reintegração de posse, realizada nas terras da antiga fábrica de Cotonifício, em Moreno, as famílias de trabalhadores sem teto encontram-se indignadas e relatam total abandono e descaso por parte da prefeitura do município e do Estado. Parte destas famílias foi acolhida pelos trabalhadores rurais ligados ao MST que ocupam o Engenho Una, bem como os próprios sitiantes do local, que também está localizado no município de Moreno. Estas encontram-se atualmente alojadas de maneira improvisada na Casa Grande e no Galpão do Engenho.…

Leia mais:

Congresso pode 'abrandar' PEC do Trabalho Escravo

Manobra de congressistas quer restringir definição de escravidão e afrouxar emenda constitucional que destina propriedades onde crime for cometido à reforma agrária

 

Em maio deste ano, o Congresso Nacional aparentemente cumpria uma dívida histórica com os direitos humanos. O Senado Federal aprovou emenda constitucional que destina propriedades onde for encontrado trabalho escravo à reforma agrária ou a programas habitacionais. Antiga demanda de movimentos sociais e apoiada pelo Governo Federal, a PEC do Trabalho Escravo era aprovada 15 anos após ser proposta.…

Leia mais:

Lucro do trabalho escravo é maior do que o PIB de 128 países

O ganho é de US$ 150 bilhões por ano, segundo estudo da OIT
Trabalho escravo está presente na exploração sexual, trabalho doméstico, agricultura, construção, manufatura, minério e nos serviços, segundo estudo da OIT Ministério Público do Trabalho/divulgação

O lucro gerado pelo trabalho escravo no mundo é de US$ 150 bilhões por ano (cerca de R$ 330,9 bilhões), segundo o relatório Estimativas Econômicas Globais do Trabalho Forçado da OIT (Organização Internacional do Trabalho) divulgado nesta terça-feira (20). O valor chega a ser maior do que o PIB (Produto Interno Bruto) — a soma de tudo o que é produzido pelo país — registrado por 128 países em 2012.

É o caso de Porto Rico (R$ 101,4 bilhões), Equador (R$ 84,03 bilhões) e Paraguai (R$ 25,5 bilhões) que tiveram um PIB abaixo dos ganhos gerado pelo trabalho escravo. …

Leia mais: