Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

Rio Grande do Norte

Mulheres realizam marcha contra a Reforma da Previdência em Assú/RN

Diversas mulheres do campo e da cidade realizaram uma marcha nessa última terça-feira, dia 07/03, no município de Assú, estado do Rio Grande do Norte, para celebrar com luta e protesto o dia internacional da mulher . A mobilização teve como principal objetivo defender os direitos sociais já garantidos pela constituição e que atualmente encontram-se ameaçados pelo governo de Michel Temer, como por exemplo, os direitos previdenciários.…

Leia mais:

Sem Terra realizam protesto no Rio Grande do Norte

RIO GRANDE DO NORTE


Foi realizado hoje, quinta feira, 09-06-16, um protesto na BR 406, na altura de Ceará-Mirim com a participação de 300 famílias camponesas. A mobilização do MST contou com participação do sindicato de trabalhadores rurais e estudantes do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN).

Leia mais:

Em resposta a despejo violento, Sem Terra trancam rodovia no RN

Na manhã desta segunda-feira (15), cerca de 150 famílias Sem Terra trancaram cinco trechos das BR’s 304 e 406, no Rio Grande do Norte. Na BR-406, foram dois os trechos bloqueados: no Km 100, em João Câmara, e no Km 163, na comunidade de Maçaranduba, em Ceará-Mirim, cidade da região Metropolitana da capital potiguar. …

Leia mais:

TRT mantém decisão que condena multinacional

Reafirmando a decisão judicial de primeira instância, o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) manteve, ontem, a decisão que condena a multinacional Delmonte Fresh Produce pela morte do trabalhador rural Vanderlei Matos, contaminado pela exposição crônica a agrotóxicos na Chapada do Apodi, em Limoeiro do Norte. A empresa, que havia entrado com recurso, terá que pagar indenização por danos morais e materiais, além de verbas trabalhistas a Maria Gerlene Silva Matos, viúva de Vanderlei.…

Leia mais:

Quem aperta o gatilho nos assassinatos do campo no Pará?

Na última semana mais duas mortes ocorreram em circunstância de conflito agrário no sudeste paraense. Dessa vez, o palco foi a cidade de Bom Jesus do Tocantins, cerca de 70 quilômetros de Marabá.O líder camponês, Jair Cleber dos Santos, foi alvejado pelo gerente da Fazenda Gaúcha, conhecido como Neném, após a tentativa de um acordo para que o funcionário da propriedade liberasse a entrada de tratores para melhoria da vicinal, onde acampam 300 famílias há mais de seis anos.…

Leia mais: