Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

Pernambuco

Mulheres camponesas de Pernambuco rumo à Marcha das Margaridas

Cerca de 2.600 mulheres trabalhadoras rurais embarcaram, na tarde deste domingo, de todas as regiões do estado para a 4ª Marcha das Margaridas. A mobilização, que acontecerá em Brasília, nos dias 16 e 17 de agosto, tem como tema “2011 Razões para Marchar por Desenvolvimento Sustentável com Justiça, Autonomia, Igualdade…

Leia mais:

O Estado de Pernambuco repete o ato de Pôncio Pilatos: “Lavar as mãos” para os ameaçados de morte no Estado

Diante da repercussão nacional dos ultimos acontecimentos de conflitos no campo no país, as organizações do campo em Pernambuco deveriam se reunir hoje (08.06) com a Secretaria de Justiça e Direitos humanos para tratar dos casos de ameaças de morte e de conflitos no campo no Estado. A reunião, que não aconteceu, reforça o questionamento e o repudio da CPT sobre  a forma superficial  que o Estado tem tido com relação ao direito à vida dos povos do campo. Leia a nota a seguir:

 
No dia 03 de junho do ano em curso, a CPT PE recebeu um convite para participar de uma reunião no “dia 08 de junho de 2011, às 09:30 horas, na sede da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, situada à Rua Benfica, 133, Madalena, Recife, a cerca da situação dos defensores de direitos humanos ameaçados no Estado de Pernambuco, conjuntamente com as principais lideranças dos movimentos sociais, bem como indígenas e quilombolas”, conforme ofício de nº 52/11 da referida Secretaria.

Leia mais:

Pernambuco é um dos estados que mais desmata a Mata Atlântica

DADOS Segundo SOS Mata Atlântica e Inpe, entre 2008 e 2010, Pernambuco perdeu 253 hectares do bioma, ou 12,68% da área remanescente, em relação ao período de 2005 e 2008

Pernambuco é o oitavo Estado no ranking nacional de destruição da mata atlântica, entre as 17 unidades da Federação que possuem o bioma. Entre 2008 e 2010, perdeu 253 hectares, o que corresponde a 12,68% da área remanescente, em relação ao período de 2005 e 2008. Os dados foram divulgados, ontem, pela Fundação SOS Mata Atlântica e pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Leia mais: