Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

Pernambuco

Romaria homenageia os/as mártires da Terra na zona da mata de PE

No despertar da manhã do último domingo, dia 04 de novembro, diversos camponeses e camponesas se concentraram em frente à Escola de Catolé, na estrada de Tupaóca, no município de Aliança, para participar da Romaria da Terra e dos Mártires. Os romeiros e romeiras percorreram cerca de 10 quilômetros. Saíram da concentração e seguiram pela rodovia PE 62, com destino ao assentamento Cazuza, no município de Condado, passando pelo assentamento Luíza Ferreira, no Engenho Bonito.…

Leia mais:

Romaria homenageia os/as mártires da Terra na Zona da Mata de Pernambuco

No despertar da manhã deste domingo, dia 04 de novembro de 2018, centenas de camponeses e camponesas estarão concentrados/as em frente à Escola de Catolé, na estrada de Tupacoa, no município de Aliança, zona da mata norte, para participar da Romaria da Terra e dos Mártires.

 A Romaria - organizada pela CPT em Pernambuco e pelo conjunto de comunidades camponesas da região por ela acompanhadas - tem como objetivo fazer a memória de camponeses e camponesas que foram assassinados na luta pela terra, pelo território e por direitos, e animar as comunidades camponesas a seguirem no caminho de seus sonhos e direitos.

Leia mais:

Famílias acampadas no Incra no Recife são recebidas por representantes do órgão

Acampados na sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), no Recife, desde a manhã de hoje 01/10, os cerca de cem camponeses e camponesas estão, neste momento, sendo recebidos pelo corpo técnico do órgão. As famílias são posseiras e reivindicam a desapropriação dos imóveis em que vivem há mais de setenta anos. Todas encontram-se sob ameaça de despejo ou expulsão provocados por Usinas de cana-de-açúcar, ou já falidas ou que possuem dívidas milionárias a serem pagas ao Estado.…

Leia mais:

No Recife, famílias vão ao INCRA para cobrar desapropriação de terras de Usinas falidas e devedoras

 

Cerca de cem famílias trabalhadores e trabalhadoras rurais de diversas comunidades em situação de conflito no estado de Pernambuco estão neste exato momento (manhã de segunda-feira, dia 01 de outubro de 2018) nas dependências do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), localizado na Avenida Rosa e Silva, no Recife. As famílias são posseiras e reivindicam a desapropriação dos imóveis em que vivem há mais de setenta anos. Todas encontram-se sob ameaça de despejo ou expulsão provocados por Usinas de cana-de-açúcar, ou já falidas ou que possuem dívidas milionárias a serem pagas ao Estado.…

Leia mais: