Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

Alagoas

CPT promove Encontro de Lideranças Camponesas em Alagoas

Começou ontem e vai até amanhã, dia 7 de julho, o Encontro Estadual de Formação de Lideranças de Acampamentos e Assentamentos da Reforma Agrária. A atividade, organizada pela Comissão Pastoral da Terra do Estado, acontece nas dependências da Igreja Batista do Pinheiro, no bairro do Pinheiro, em Maceió.

Leia mais:

Trabalhadores rurais bloqueiam rodovia em Alagoas

Ontem, dia 02, cerca de 100 trabalhadores rurais bloquearam a BR 104 no estado de Alagoas, como forma de protesto contra a Usina Laginha.

Os trabalhadores denunciam que a Usina, localizada no município de União de Palmares, não pagou os salários, as férias e décimo terceiro salário. O protesto iniciou…

Leia mais:

Carta da 22º Assembleia Estadual da CPT Alagoas

Entre os dias 2 e 4 de março foi realizada em Barra de São Miguel, Alagoas, a 22ª Assembleia Estadual da CPT Alagoas. Confira a Carta divulgada pelos participantes: “A terra é de quem trabalha, a história não falha, nós vamos ganhar”

CARTA DA 22ª ASSSEMBLEIA ESTADUAL DA COMISSÃO PASTORAL DA TERRA

Trabalhadores e trabalhadoras rurais, acampados e assentados da reforma agrária de Alagoas, nos reunimos como Comissão Pastoral da Terra na 22ª Assembleia Estadual, na Barra de São Miguel, nos dias de 2 a 4 de março de 2011.…

Leia mais:

22ª Assembleia Estadual da Pastoral da Terra em Alagoas

A atividade segue até o dia 4 de março e reunirá cerca de 150 camponeses oriundos de várias partes do Estado de Alagoas

Teve início nesta quarta-feira (02.03) começa a 22ª edição da Assembleia Estadual dos trabalhadores e trabalhadoras rurais que recebem o apoio da Comissão Pastoral da Terra em Alagoas, na Casa dos Irmãos Maristas na Barra de São Miguel. O tema escolhido para este ano é “Agricultura camponesa: cooperação com o planeta”, em consonância com o tema da Campanha da Fraternidade 2011 intitulado “Fraternidade e a vida no planeta – A criação geme em dores de parto (Rm 8,22).…

Leia mais:

Cortadores de cana protestam pelo segundo dia consecutivo em Alagoas

Pelo segundo dia consecutivo, cortadores de cana que trabalham para a Paisa (Penedo Agroindústria S.A.) bloquearam a pista, desta vez nas imediações do acesso à usina, em protesto contra supostas irregularidades no cumprimento de direitos trabalhistas. Os trabalhadores afirmam que não recebem FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) há 2 anos e não também não tem direito ao seguro desemprego porque estão com a ‘ficha fria’, como definem a relação contratual entre os cortadores de cana e a empresa que pertence ao Grupo Toledo.

Leia mais: