Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

Alagoas

Comissão Pastoral da Terra ocupa prédio do Instituto de Terras de Alagoas

300 homens e mulheres do campo ocuparam a sede do Instituto de Terras de Alagoas (Iteral) apresentando suas reivindicações. Nesta quinta-feira (30), uma comitiva de integrantes da CPT foi recebida em reunião que tratou de melhorias nos acampamentos e assentamentos.

 

(Fonte: Tribuna Hoje / Imagens: Iteral).

A sede do Iteral (Instituto de Terras de Alagoas), localizada na Avenida da Paz, foi ocupada por camponeses e camponesas que lutam contra o golpe na Reforma Agrária. Com essa nova ocupação, chegou a três o número de órgãos públicos tomados pelo movimento organizado pela CPT (Comissão Pastoral da Terra).

Cerca de 300 pessoas estiveram no Iteral, outras 200 permaneceram no térreo. No 11º e 12º andar do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), à espera de uma audiência às 14h, uma comissão de mulheres continua na Secretaria de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos, reunidas com a secretária Cláudia Simões.

A pauta de reivindicações no Iteral inclui escolas em acampamentos e assentamentos, apoio para a comercialização de alimentos e as feiras camponesas, infraestrutura, banco de sementes, entre outros pontos.

Iteral recebe comitiva de trabalhadores rurais da Pastoral da Terra

O Instituto de Terras e Reforma Agrária de Alagoas (Iteral) recebeu, nessa quinta-feira (30), uma comitiva de trabalhadores e trabalhadoras rurais de várias regiões do Estado que integram a Comissão Pastoral da Terra (CPT). A reunião serviu para discutir uma pauta de melhorias nos acampamentos e assentamentos acompanhados pelo movimento.

 

Segundo o diretor-presidente, Jaime Silva, o Iteral tem sido um interlocutor das famílias camponesas junto ao Governo de Alagoas, contribuindo para o desenvolvimento da agricultura familiar, escoamento da produção agrícola, a permanência no campo com cidadania; além da mediação de conflitos agrários.

“O diálogo é fundamental e o Iteral tem essa responsabilidade de dialogar com os movimentos sociais e levar para o governador apenas aquilo que o órgão não pode resolver. Mas, em relação à pauta da CPT, alguns itens já são atendidos pelo Iteral, que ficou com a responsabilidade de cobrar aos outros órgãos a solução para as dificuldades que eles estão enfrentando no campo”, destacou Jaime Silva.

Dentre os pontos discutidos destacam-se o apoio às feiras camponesas e aos encontros da juventude camponesa; implantação de bancos de sementes em áreas de assentamento; perfuração de poços artesianos, cessão de máquinas agrícolas; além da implementação de projetos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep).

O Iteral é uma autarquia do Governo de Alagoas, vinculada à Secretaria de Estado da Agricultura, Pesca e Aquicultura (Seagri), que busca executar a política agrária e fundiária no Estado. Em relação às demandas que não integram o âmbito das suas competências administrativas, o gestor assumiu o compromisso de encaminhar para as secretarias responsáveis.

 

Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

Rua Esperanto, 490, Ilha do Leite, CEP: 50070-390 – RECIFE – PE

Fone: (81) 3231-4445 E-mail: cpt@cptne2.org.br