Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

Camponeses, camponesas e agentes pastorais divulgam Carta da 17ª Assembleia da CPT NE2 destinada às Comunidades. A Assembleia ocorreu entre os dias 05 e 07 de agosto de 2019, no Santuário Padre Ibiapina, em Santa Fé/Solânea – PB, local santo de inspiração e expressão da religiosidade popular. Confira:

“Por que me fazes ver o crime e contemplar a injustiça? Opressão e violência estão à minha frente; surgem processos e levantam-se ódio e rixas. Por isso, a lei perde a força e o direito nunca aparece” (Habacuc, 1, 3-4)

 

Nós, agentes pastorais, camponeses e camponesas, reunidos na 17ª Assembleia Geral da Comissão Pastoral da Terra Nordeste 2, enviamos uma mensagem de paz e esperança a todas as Comunidades que nos conhecem.

Chegamos aqui, na Casa da Caridade do Sítio Santa Fé do Padre Ibiapina, em Solânea/PB, para abastecer a nossa alma de fé e esperança, vivendo, como vocês, em tempos de crise.

Estamos vivendo tempos duros, de grande brutalidade política. A vida e o futuro dos povos indígenas e das comunidades camponesas – quilombolas, posseiros, acampados, assentados, ribeirinhos, pescadores tradicionais - estão sendo ameaçados.

A “nova” política está estragando o nosso país e empobrecendo todo o Povo. Ainda mais, querem nos deixar de lado, não querem a nossa participação, querem nos tratar como pessoas que não contam; mas não deixaremos que cheguem a isso, pois somos nordestinos, somos todos “paraíba”, orgulhosos/as de nossa história e cultura, teimosos/as e rebeldes nas lutas e nos movimentos populares.

Não aceitaremos leis e decretos injustos, que restringem nossos direitos e que ferem nossas vidas. Por isso, se necessário, desobedeceremos.

Fiquem firmes na vida comunitária, de solidariedade e de partilha! Participem de todas as manifestações do povo, dos gritos, das campanhas, dos protestos, das Romarias, das greves e das novas articulações, pois em tudo isso está se gestando o projeto da nossa libertação.

Com vocês, Comunidades da Resistência que são a esperança, sairemos desta crise melhores, purificados, purificadas e mais fortes.

Nossos aliados e aliadas serão sempre o povo que tem fé e que luta, como também a Mãe Terra, que vem exigindo, aos gritos, respeito e cuidado.

Confiantes no Deus da Vida, na memória subversiva do evangelho, queremos reafirmar nosso apoio e presença a todas as comunidades camponesas que hoje encontram-se em luta pela terra. Contem conosco; não temos coisas para dar, mas temos clareza dos rumos a seguir. Queremos oferecer esperança, apoio, consciência e profecia. Como falou o pescador e apóstolo Pedro: “não tenho ouro, nem prata, mas o que tenho eu te dou: em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda!” (Atos 3,6).

“A criação abriga a esperança, pois ela também quer participar da Glória de Deus”

(Romanos, 8)

 

Participantes da 17ª Assembleia da Comissão Pastoral da Terra Regional Nordeste 2

Santuário Padre Ibiapina, Solânea, 07 de agosto de 2019