Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

CPT Rondônia divulga carta em memória aos 40 anos de presença no estado

Reunidos em Assembleia entre os dias 17 e 19 de maio, agentes pastorais relembraram os 40 anos de existência da CPT Rondônia e divulgaram carta em memória às quatro décadas de atuação no estado. O documento, além de fazer memória também é composto por testemunhos de camponesas e camponeses e traz apreensões e cobranças quanto à situação fundiária em Rondônia.…

Leia mais:

Encontro de mulheres da CPT Nordeste 2 é realizado em Caruaru/PE

Encontro de mulheres da CPT Nordeste 2 é realizado em Caruaru/PE

Entre os dias 9 e 10 de maio, ocorreu no Santuário das Comunidades, localizado em Caruaru, agreste de Pernambuco, o Encontro Regional de mulheres da CPT NE2. Com o tema “O Cuidar de nós mesmas”, o encontro teve como objetivo ser um espaço de formação para refletir sobre a condição de ser mulher na atualidade ante as várias formas de violência provocadas pelo sistema de poder patriarcal. A atividade contou com a participação de mulheres agentes pastorais dos estados de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Alagoas – que compõem o Regional Nordeste 2 da CPT.…

Leia mais:

Um milhão vão às ruas em defesa da educação e contra a reforma da Previdência

Um milhão vão às ruas em defesa da educação e contra a reforma da Previdência
Professores, trabalhadores e estudantes se mobilizam em Belém, capital do Pará, contra o governo Bolsonaro / Foto: FBP/PA

Desde a manhã desta quarta-feira (15), as ruas do país foram tomadas por milhares de estudantes, professores e trabalhadores de escolas e universidades, por conta do Dia Nacional de Greve na Educação, em protesto contra os cortes anunciados pelo Ministério da Educação (MEC) para o setor. Após as 14h, todos os estados já haviam registrado manifestações.…

Leia mais:

“Reforma da Previdência acaba com o Estado social de 1988”, afirma economista

“Reforma da Previdência acaba com o Estado social de 1988”, afirma economista
 
“População está com ideia errada de que está se tirando dos riscos pra dar pros pobres", afirma ex-banqueiro Eduardo Moreira sobre reforma / Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Em audiência pública sobre a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 6/2019 na Câmara dos Deputados nesta quinta-feira (9), o professor do Instituto de Economia da Universidade de Campinas (Unicamp) Eduardo Fagnani afirmou que a reforma da Previdência, instaurada pela PEC, “acaba com o Estado social de 1988” porque promove a retirada de direitos conquistados no bojo do processo de redemocratização do país.…

Leia mais: