Comissão Pastoral da Terra Nordeste II

A ocupação da fazenda Acauã em dezembro de 1995 representou o início das ocupações de latifúndios improdutivos no Alto Sertão da Paraíba. Essa luta foi muito significativa para a constituição dos assentamentos de reforma agrária na região, pois impulsionou a luta e encorajou milhares de famílias a ocupar, resistir e conquistar a terra. A ocupação do latifúndio foi como um grande ato litúrgico, a luta do povo de Deus pela terra prometida, partiu da necessidade das famílias em conquistarem terra, água e pão. O processo de luta foi de muita resistência, acontecendo 06 despejos e 07 prisões. Dentre os presos estavam 02 alemães que visitavam a área e 05 agentes da Comissão Pastoral da Terra. A estratégia do proprietário era mandar prender toda a Equipe da CPT para acabar com o Conflito. Contudo, apesar de toda a repressão as famílias conseguiram a desapropriação do imóvel.

Noticias dos Estados